segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Casual

                               Para Marie Josephine,

Boa-noite, amor!

Por enquanto,
não deixemos o canto.

Entoá-lo
na hora certa do pranto
é da fuga triste
o encanto...

Reinventemos
a todo instante
o riso
ainda que tudo
nos pareça branco.

2 comentários:

  1. Reinventar o riso é reinventar a alma! Adorei :)

    ResponderExcluir
  2. A casualidade casa bem na simplicidade com as palavras.

    Um convite branco com sabor a genuíno.

    Fica-te bem o casual, embora o formal também te vista muito bem, elegante até.

    Beijo casual

    ResponderExcluir