segunda-feira, 8 de junho de 2015

Seara



Depois do rumor de nuvens
desfeitas
uma floração de palavras
um tic-tac de afetos
vibra no ar sem pecúlio
iluminando o rosto do menino

é algo que se desvela
entre o céu e a terra
como se não houvesse outro destino

são as núpcias da chuva
dedilhadas pelos missais do exílio

enquanto as mãos 
esculpem este relicário.

José Carlos Sant Anna