sexta-feira, 14 de julho de 2017

Sexta-feira



É o teu aniversário
sorri, moça!

Ainda não conheço 
               o teu sorriso,
mas acho que ele se parece
com o sorriso de um peixe
saindo da água

Nunca pensou nisso?

Pense também num canal,
que mesmo cheio de água,
                 recebe a chuva
sem nenhuma mágoa.

Pense também
como seria bom ver
uma borra de alegria 
no seu rosto
comigo a fluir dentro do teu leito... 

(José Carlos Sant Anna)

5 comentários:

  1. Um poema maravilhoso. Parabéns. Gostei muito.
    Volte quando quiser, adicione se quiser.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Belo poema, Sant Anna!
    E esse sorriso de peixe
    Por mais que a gente se queixe
    Faz parte da raça humana

    Que se compraz e se ufana
    Com tudo que o mundo deixe
    Levar a vida num feixe
    Atado de forma insana.

    Parabéns, meu velho amigo!
    Concordo e estou contigo
    Sonhando a vida num leito

    Não de hospital por castigo
    Mas numa alcova ao abrigo
    De dois seios, satisfeito.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  3. siempre deberíamos sonreír
    de esa manera
    la vida nos premia al final del día
    con otro rayo de sol

    ResponderExcluir
  4. Hola José, no sabía de este rincón. Si, es bueno, sano sonreír, lo que pasa es que hay días borrascosos que no sonreímos, hasta que el sol salga de nuevo.

    Un beso.

    ResponderExcluir